Translation Department
  • Secção de Relações Externas e Comunicação
  • Secção de Línguas Fino-Úgricas, Bálticas e Eslavas 1
  • Secção de Línguas Germânicas e Eslavas 2
  • Secção de Línguas Românicas e Mediterrânicas

O Departamento de Tradução é o maior departamento do Centro, representando mais de metade do seu pessoal. É composto por três grupos linguísticos e pela Secção de Relações Externas e Comunicação.

Secção de Relações Externas e Comunicação

A Secção de Relações Externas e Comunicação assegura a ligação com os clientes do Centro, de modo a identificar as suas necessidades e avaliar a sua satisfação. Para tal, visita regularmente os clientes, realiza inquéritos periódicos e trata do feedback dos clientes.

Em cooperação com os clientes, a secção organiza sessões de formação, workshops e apresentações para os tradutores do Centro, a fim de ampliar os seus conhecimentos dos procedimentos e dos setores de atividade altamente especializados dos clientes. A secção organiza igualmente apresentações para clientes com o objetivo de melhorar o seu conhecimento sobre as funções e os serviços do Centro.

A secção é também responsável pela comunicação interna e externa. Divulga informação através de notícias publicadas na intranet, no sítio Web e no Portal do Cliente do Centro. Esta secção prepara e coordena publicações específicas, como o relatório de atividades anual e os «Destaques» do relatório anual, bem como vários boletins informativos e brochuras. Organiza ainda vários eventos para promover o multilinguismo.

Os tradutores (grupos linguísticos)

Cada grupo linguístico é subdividido em equipas de tradução, uma para cada língua oficial da UE. A dimensão de cada equipa varia em função do volume de trabalho para cada língua de destino. Todos os tradutores traduzem para a sua língua materna e têm formação académica diversa, principalmente linguística.

Todos os tradutores têm a possibilidade de participar em formações ao longo da sua vida profissional no Centro, tanto em termos de aprendizagem de línguas (aprofundando as competências linguísticas que já possuem ou aprendendo novas línguas) como em termos de atividades específicas de cada cliente.

Os tradutores internos têm a seu cargo a tradução e revisão de documentos e de marcas. Também legendam vídeos, compilam glossários e contribuem com entradas no IATE, a base de dados terminológica interinstitucional.

Enquanto linguistas, os tradutores internos garantem a qualidade linguística das traduções, tanto de textos traduzidos internamente como de textos que são externalizados para prestadores de serviços linguísticos externos especializados.

Através do seu modelo de atividade baseado na externalização e no controlo interno da qualidade, o Centro tornou-se um ponto de referência para todos os aspetos relacionados com a revisão das traduções.