Descubra a nossa gama de serviços

Os clientes do Centro de Tradução estão espalhados por toda a Europa e são especializados em domínios como educação, emprego, cultura, transportes, investigação e inovação, assuntos sociais, ambiente, energia, química, direitos de propriedade, legislação, orçamento e finanças, política externa e de segurança, cooperação policial e judiciária, saúde pública e proteção dos consumidores. O Centro fornece serviços linguísticos nas 24 línguas oficiais da UE, bem como, mediante pedido, em línguas não oficiais da UE. Especificamente, o Centro oferece os seguintes serviços:

Tradução

Tradução é a transposição para a língua de chegada do significado contido na língua de partida, de forma a produzir um texto em conformidade com as regras gramaticais da língua de chegada e que respeita as instruções recebidas com o pedido de tradução. «Língua de partida» é a língua em que se encontra redigido o texto original (também chamado «texto de partida»); «língua de chegada» é a língua para a qual o texto original é traduzido.

Controlo editorial

O controlo editorial é definido como a verificação linguística de um texto para garantir que respeita as regras gramaticais, de pontuação e ortografia da língua de partida. Os erros de gramática, pontuação e ortografia são corrigidos pela pessoa incumbida do controlo editorial do texto. Sempre que considerar que a qualidade linguística do texto pode ser melhorada em termos de clareza e inteligibilidade, adiciona um comentário no texto em questão com sugestão de melhorias. Não se espera que, no controlo editorial, sejam identificados ou corrigidos erros ou problemas relacionados com o conteúdo do texto. Caso existam problemas de conteúdo, estes são colocados em destaque no texto. Cabe ao cliente avaliar a pertinência de todas as observações e tomar as medidas adequadas. Não cabe à pessoa que procede ao controlo editorial do texto corrigir o formato ou a apresentação do mesmo.

Consultoria linguística

A consultoria linguística consiste em analisar as necessidades linguísticas de um cliente com vista a desenvolver soluções para a otimização do processo de tradução. Pode incluir o apoio na redação de documentos, a análise de famílias de documentos específicas com o objetivo de detetar no texto passagens similares ou repetitivas que possam ser harmonizadas através de modelos de documentos no sentido de reduzir os custos de tradução, assim como análise de fluxos de documentos. O volume de trabalho que este tipo de serviço envolve depende, em larga medida, da complexidade específica de cada caso.


Terminologia

A atividade de terminologia consiste na criação de glossários completos com os termos de partida e de chegada, definições, fontes, referências aos contextos, observações, etc.

Legendagem

Transcrição do discurso oral de um suporte audiovisual de modo a permitir a inserção de um texto escrito no ecrã. O serviço pode incluir spotting, isto é, a sincronização das legendas com o produto audiovisual. A legendagem pode ser fornecida na língua de origem do produto audiovisual ou noutra(s) língua(s), juntamente com os códigos temporais indicando os tempos exatos de entrada e saída das legendas.

Listas de termos

Este serviço inclui a tradução de listas de termos simples (palavras ou expressões, geralmente substantivos ou sintagmas nominais), sem qualquer indicação de definição, fonte, contexto, comentários, etc.


Controlo de qualidade ex post (EPQC)

O controlo de qualidade ex post (EPQC) consiste na revisão e avaliação periódicas de uma determinada amostra de traduções de MUE fornecidas pelo Centro de Tradução ao EUIPO (Instituto da Propriedade Intelectual da União Europeia), tendo em conta uma série de parâmetros acordados.

Revisão de listas de termos

Serviço que consiste no exame de uma lista de termos bilingue em conformidade com o objetivo expresso, comparando os termos da língua de partida e da língua de chegada e procedendo a correções, caso necessário. Se, ao longo do processo de revisão, o tradutor interno chegar à conclusão de que a lista de termos necessita de uma reformulação substancial, o Centro pode recusar o pedido de revisão e recomendar ao cliente a apresentação de um pedido de tradução de uma lista de termos.

Revisão de traduções

Revisão é a análise de uma tradução em termos da sua adequação à finalidade acordada, através da comparação entre os textos de partida e de chegada e da realização de correções, se necessário. O Centro presta serviços de revisão de documentos traduzidos. No entanto, se, durante o processo de revisão, o tradutor interno considerar que o texto necessita de uma reformulação substancial, o Centro pode recusar a revisão e recomendar ao cliente que apresente um pedido de tradução.


Modificação de traduções

A modificação consiste na introdução de alterações num texto já traduzido. Em comparação com a tradução pura e simples, trata-se de uma atividade muito mais morosa, uma vez que exige maior atenção por parte do tradutor e processamento adicional. Ao apresentar um pedido de modificação, o cliente tem de fornecer um documento que mostre todas as alterações efetuadas ao texto anterior, nomeadamente todo o texto aditado ou suprimido, bem como a(s) anterior(es) versão(ões) linguística(s) a ser(em) alterada(s). Os tradutores do Centro adaptam as traduções de acordo com as modificações introduzidas no original.

Tradução de MUE, ficheiros do PM e DMC

A tradução de marcas da União Europeia (MUE), ficheiros do Protocolo de Madrid (PM) e desenhos ou modelos comunitários registados (DMC) é referente à tradução de textos técnicos padrão no domínio da propriedade industrial/intelectual e que consistem em listas de produtos e serviços baseados aproximadamente na Classificação Internacional de Produtos e Serviços para efeitos do Registo de Marcas (Classificação de Nice) ou no Acordo de Locarno que estabelece uma Classificação Internacional para os Desenhos e Modelos Industriais (Classificação de Locarno) da OMPI (Organização Mundial da Propriedade Intelectual).